Melhores vaquejadas do Brasil






O Brasil é um país verdadeiramente rico quando se trata de suas tradições. Diversas cidades (e muitas vezes estados e regiões) têm festividades cuja genealogia é a mesma, havendo um grande investimento em sua preservação.

Podemos citar como exemplo aqui o Carnaval, cuja data é comemorada do norte ao sul do país, havendo variações de acordo com cada localidade e suas especificidades.

Nesse sentido, há ainda as vaquejadas, que têm características esportivas, ocorrendo, sobretudo, no Nordeste, no Centro-Oeste e no Sudeste, tendo cada região parques específicos para a realização da mesma.

Vamos conferir um pouco mais a respeito?

O que são as vaquejadas?

Como mencionado anteriormente, as vaquejadas têm características esportivas e são realizadas em boa parte do território nacional.

Contudo, elas surgiram no Nordeste e remetem à época dos coronéis, em que os peões eram obrigados a juntar o gado.

Desse modo, ela se consolida como uma atividade recreativo-competitiva em que dois vaqueiros montados a cavalo buscam cercar o boi e fazê-lo se encaminhar para a área designada para ele.

Evidentemente, há nos dias de hoje muita controvérsia a respeito, com críticas baseadas, sobretudo, nos direitos dos animais. Porém, ainda não se chegou a um consenso e as mesmas possuem liberdade para acontecer normalmente.

Dito isso, curiosamente o estado de Pernambuco abriga três dos parques mais tradicionais do país, sendo um destino muito procurado para quem gosta desse entretenimento.

Veja mais a respeito deles a seguir:

 

  1. Vaquejada do Parque Haras Ivandro Cunha Lima – Campina Grande (PB)

Criado em 13 de dezembro de 1992, pode se dizer que a história do Parque Haras Ivandro Cunha Lima começa antes disso, quando o seu proprietário ainda era criança.

Desde muito cedo, ele conta que sempre se interessou pela atividade e foi incentivado pelo seu pai a praticá-la na fazenda da família, a Fazenda Caiçara.

Com o tempo a repercussão e a popularidade na cidade foram tantas que a sede teve que se realocada em outro lugar.

Hoje, o espaço possui cerca de 340 mil m² e realiza grandes eventos o ano todo. Além da pista de corrida conta com palcos, casa de show (com capacidade para 18.000 pessoas), estacionamento, etc.

Nos três dias em que dura o evento especificamente, estima-se que passem por ali 150 mil, somadas com a média de 450 participantes.

  1. Vaquejada do Parque Maria da Luz – Campina Grande (PB)

Em segundo lugar na lista aparece então a vaquejada do Parque Maria da Luz, localizado na mesma cidade. Indo para a sua 42º edição, o mesmo também aparece bastante consolidado e com um público fiel.

Sua história, portanto, está associada à família Freire, que quis oferecer ao seu filho Pedro Freire um espaço em que o mesmo pudesse praticar e desenvolver as suas habilidades.

Distando 8 Km do centro da cidade, sendo de fácil acesso da população local, hoje ele se estabelece numa área de 300 mil m² também rica em atrações diversas ao longo do ano.

Assim como o Parque Ivandro Cunha Lima sua infraestrutura possui uma casa de show, estacionamento e bares e restaurantes, sendo um excelente ponto turístico local.

Em geral, o grande evento ocorre, portanto, no segundo semestre do ano, em meados de outubro e dura três dias.

  1. Vaquejada do Parque BeMais – João Pessoa (PB)

Por fim, há ainda a vaquejada que ocorre no Parque BeMais, em João Pessoa, capital do estado. Neste ano, a mesma se encaminha para a sua 8º edição, sendo mais recente do que as opções anteriores, mas igualmente procurada.

Ela dura em média 4 dias e ocorre no mês de novembro, possuindo uma estrutura semelhante às demais e realizando eventos ao longo do ano. Vale a pena conferir!

 

Uma dica geral, se você deseja realmente conhecer mais a respeito dessa prática é frequentar esses eventos e trocar contatos, participar de grupos de discussão, etc. para estar sempre por dentro.

Se você gostou desse conteúdo, não deixe também de conferir nossas outras publicações!

 

 

Reply